A maioria das pessoas que usam a internet atualmente para encontrar produtos, informações ou serviços, recorrem aos dispositivos móveis. De acordo com o relatório Estado de Serviços Móveis, elaborado pela consultoria App Annie, os brasileiros passaram mais de três horas por dia usando o celular, em 2018. Isso nos colocou em 5º lugar no ranking global de tempo gasto com esses aparelhos. Para acompanhar esse comportamento, as empresas lançam novos aplicativos com o objetivo de fidelizar e captar novos clientes. Mas será que a forma atual de desenvolver apps é a mais eficaz? Vale a pena focar esforços no desenvolvimento de algo que será utilizado, na grande maioria das vezes, apenas uma vez?

O foco das companhias, hoje, está voltado para o tráfego online, ou seja, busca por mais acessos, clientes, leads, entre outros indicadores de desempenho (chamados de KPIs). Se você utiliza um aplicativo convencional, toda essa estratégia com foco no tráfego acaba perdendo o sentido, visto que o cliente chega até seu website por meio de um smartphone e lhe é oferecido um aplicativo para ser instalado. Só com essa ação clientes podem ser perdidos, pois muitos desistem de instalar o app seja pela morosidade do ato, ou por conta da internet 3G/4G limitada. Ou seja, por vezes, você acaba criando um entrave para o consumidor, ao invés de oferecer uma solução ou facilidade.

Uma alternativa para melhorar a experiência do usuário no aplicativo, e não perder o tráfego, é a adoção da tecnologia Progressive Web App (PWA). Os aplicativos progressivos são páginas com aparência de aplicativos tradicionais, e trazem uma abordagem mais analítica. Essa aplicação tem por base três princípios: confiabilidade, rapidez e engajamento, e ao combinar os recursos do modelo regular com os benefícios da experiência móvel, oferece funcionalidades como o Push Notification, que proporciona o engajamento e o funcionamento em modo offline, que garante mais agilidade.

Os aplicativos nativos ou tradicionais, são desenvolvidos para atender estruturas de dispositivos Apple, Windows e Android. Já o PWA, além de funcionar nos maiores navegadores, permite a acessibilidade de qualquer nível de usuário, do mais leigo ao avançado.

Ao introduzir essa tecnologia, você aumenta sua taxa de conversão, já que ao engajar o cliente em seus primeiros acessos você consegue oferecer uma solução que contemple os dados de sua jornada para otimizar o engajamento com notificações e notícias de acordo com o perfil usuário. Falando do ponto de vista do desenvolvedor, além de serem mais rápidos em sua construção e atualização, os Progressive Web Apps são mais econômicos, justamente pela otimização de tempo e resultado que oferecem.

 *Por Janderson Silva, coordenador de Engenharia de Sistemas da Mandic Cloud Solutions

Disponível em: https://itforum365.com.br/como-aumentar-a-taxa-de-conversao-do-usuario-de-app/

Outros links:
https://vipceo.com.br/como-aumentar-a-taxa-de-conversao-do-usuario-de-app/

http://www.executivosfinanceiros.com.br/artigos/7105-como-aumentar-a-taxa-de-conversao-do-usuario-de-app